Arquivo do dia: 10 de abril de 2013

Felicidade realista


A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável,
mas nossos desejos são ainda mais complexos.
Não basta que a gente esteja sem febre:
queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis.
Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema:
queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.
E quanto ao amor? Ah, o amor…
não basta termos alguém com quem podemos conversar,
dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando.
Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo.
Queremos estar visceralmente apaixonados,
queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados,
queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo,
queremos sexo selvagem e diário,
queremos ser felizes assim e não de outro jeito.
É o que dá ver tanta televisão.
Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.
Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade.
Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais,
feliz com um parceiro, feliz sem nenhum.
Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.
Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo.
Não perder tempo juntando, juntando, juntando.
Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado.
E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda,
buscando coisas que saiam de graça,
como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.
Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.
Fazer exercícios sem almejar passarelas,
trabalhar sem almejar o estrelato,
amar sem almejar o eterno.
Olhe para o relógio: hora de acordar.
É importante pensar-se ao extremo,
buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz
mas sem exigir-se desumanamente.
A vida não é um jogo
onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio.
Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade.
Se a meta está alta demais, reduza-a.
Se você não está de acordo com as regras, demita-se.
Invente seu próprio jogo.
Faça o que for necessário para ser feliz.
Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples,
você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.
Ela transmite paz e não sentimentos fortes,
que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração.
Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.

Categorias: Books/Livros, Health and wellness, Quotes, Saúde e bem-estar | Tags: , , , , , , , , | 3 Comentários

Ferrou-se!


É dinheiro demais, não dá…

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marciadessen/1258867-de-quanto-voce-precisa-para-se-aposentar-e-viver-de-renda.shtml

Todos nós temos o sonho de parar de trabalhar um dia e “viver de renda”, não é mesmo? Você precisa calcular quanto dinheiro deve acumular até a idade de aposentadoria para, a partir dessa idade, viver exclusivamente do que o seu patrimônio for capaz de proporcionar.

A renda proveniente do seu trabalho não será mais necessária e você terá um fluxo de caixa garantido para viver confortavelmente a sua “melhor idade”.

SACAR OS RENDIMENTOS

Sérgio pretende se aposentar aos 60 anos e estima que irá viver até os 90 anos. Decidiu que deseja sacar exclusivamente os juros e manter a reserva financeira intacta.

Nesse caso, o cálculo é muito simples: basta dividir o montante anual das despesas pela taxa anual de juros real. Já deu para notar que o complicado não é a conta em si, mas a definição das duas informações necessárias.

A primeira -montante anual das despesas- pode ser obtida com relativa facilidade. Você deve manter um orçamento bem controlado, com as receitas e despesas mensais e anuais anotadas.

Depois de apurar a renda total necessária, apure a renda complementar deduzindo o valor da aposentadoria oficial do INSS e outras rendas eventualmente disponíveis, como um plano de previdência corporativo, por exemplo.

De acordo com a planilha do orçamento de Sérgio, ele precisa de uma renda mensal de R$ 15 mil. O INSS (R$ 4.000) e o plano de previdência corporativo (R$ 5.000) vão gerar um fluxo mensal de R$ 9.000. Assim, a primeira variável de Sérgio está definida, ele precisa de uma renda mensal complementar de R$ 6.000, equivalente a R$ 72 mil por ano para fechar o seu orçamento.

A segunda variável exigida pelo cálculo é mais complexa, sendo definida em função de cenário macroeconômico, muito distante da nossa vontade.

Recomendo utilizar uma taxa de juros conservadora, de 2% ao ano, por exemplo. Afinal, estamos projetando um cenário de, no mínimo, 30 anos e não é razoável pensar que a taxa de juros real média do país seja muito superior a isso.

A tabela 1 demonstra que, aos 60 anos, Sérgio precisará de uma reserva de R$ 3.600.000 para sacar anualmente a renda complementar necessária durante 30 anos. Aos 90 anos sua reserva financeira estará intacta e pode ser transferida para seus herdeiros.

ESGOTAR A RESERVA

Fernanda não pretende deixar nada para ninguém. Quer gastar toda a reserva que ela for capaz de acumular até os 60 anos.

Assim como Sérgio, estima que viverá até os 90 anos de idade, portanto, a reserva deve se esgotar em 30 anos. Trata-se de uma estratégia mais arriscada que a de Sérgio porque ela pode viver mais tempo do que o estimado e o dinheiro acabar antes da hora.

Vamos utilizar a mesma premissa de renda anual de R$ 72 mil por 30 anos. E como Fernanda tem um perfil de investimentos mais agressivo, vamos exibir dois cenários de juro real: 2% e 4% ao ano, e ver como essa variável impacta o resultado final.

O cálculo de situações como a de Fernanda é mais complexo e exige uma planilha Excel utilizando a função VPL (Valor Presente Líquido), ou uma calculadora financeira (HP12C por exemplo), alimentada com os seguintes dados: PMT (saques anuais) = 72.000; i (taxa de juros real) = 2 (ou 4); n (tempo em anos) = 30 (ou 20).

Na sequência, a tecla PV (valor presente) indicará a reserva necessária.

A tabela 2 trabalha também com a hipótese de um período de acumulação mais longo, prevendo o início dos saques aos 60 e aos 70 anos.

Observe como a taxa de juros mais alta e tempo de acumulação mais longo favorecem o planejamento financeiro de Fernanda.

13096457

Categorias: Saúde e bem-estar | Tags: , , | Deixe um comentário

Aurora

Uma imagem vale mil palavras, então...

Pedazos de miel en jaula

La existencia, la introspección y la experiencia

Filosofia Animada

Sitio Virtual onde se encontra o registro das práticas educacionais do Prof. Daniel Carlos.

throughdanielleseyes

Words, thoughts, and snapshots of life.

Dirty Sci-Fi Buddha

Musings and books from a grunty overthinker

BaileyBee

The Hive

Chairybomb

Honest Furniture Reviews

ricardo barros elt

Thinking and Living English

BA -VISUAL LESSON PLANS

for English teachers.

viralelt.wordpress.com/

Viral Videos for Higher Level ELT | Ian James | @ij64

Progressive Transit

For better communities and a higher standard of living...

Josh, Naked

A mental birthday suit

colossalvitality

Just another WordPress.com site

sindhuspace

Claiming the better half for women in a Man's World

Cybele's Haus of Digital Pain

kismetly crestfallen

Amanda Ricks

Digital Marketing For People By People.

CamiNique

Blog literário

wolf4915

Writing, Photography, Digital Art, Painting + News!

Le Blog BlookUp

Imprimez et transformez vos contenus digitaux, blogs et réseaux sociaux, en magnifiques livres papier sur blookup.com

Dr. Eric Perry, PhD

Psychology to Motivate | Inspire | Uplift

Jornal Acorda Getúlio

Os alunos fazem a escola

Kate Gale: A Mind Never Dormant

The life of a writer/editor

Biblioteca Florestan

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP

Photography Art Plus

Photography, Animals, Flowers, Nature, Sky

Violet's Vegan Comics

Vegan Children's Stories

Cafe Book Bean

Talk Books. Drink Coffee.

marioprata.net

Site oficial do escritor Mario Prata

Eric Schlehlein, Author

(re)Living History, with occasional attempts at humor and the rare pot-luck subject. Sorry, it's BYOB. All I have is Hamm's.

Through Open Lens

Home of Lukas Kondraciuk Photography

OldPlaidCamper

The adventures of an almost outdoorsman...

PROVERBIA

"Crítica Social, Lírica y Narrativa"

Top 10 of Anything and Everything - The Fun Top Ten Blog

Animals, Gift Ideas, Travel, Books, Recycling Ideas and Many, Many More

gaygeeks.wordpress.com/

Authors, Artists, Geeks, Husbands

DaniellaJoe's Blog

crochet is my favorite fiber art and my goal is to become a real artist...