Posts Marcados Com: cassandra clare

Abril foi um mês difícil


…e maio já começou difícil também!

Fiz um concurso em abril e outro em maio. Enquanto estava fazendo o concurso de maio, saiu o resultado do de abril: 24 lugar em 595. Mas 22 foram chamados para compor a lista de espera dos próximos 24 meses…ou seja, foi por pouco. Fica pra próxima. O pior mesmo foi este concurso do começo de maio, terrível. É terrível competir com gente que você conhece. E todos (exceto um) reprovados. E tirar a pior nota dentre os 6 candidatos. Começo hoje a estudar para o mesmo concurso (processo seletivo, poteito, potaato, whatever!), que talvez abra novamente em breve…

Após o concurso número 1, terminei de ler o Lady Midnight (Dama da Meia-Noite), da Cassandra Clare. E após o fracasso do concurso número 2, li As provações de Apolo, do Rick Riordan. Sim, literatura escapista para tempos difíceis!

Vocês devem se lembrar que eu não tinha gostado do início do Lady Midnight. Da última vez que escrevi a respeito, estava no capítulo 4. Muito tempo depois, até aproximadamente a página 400 e tralalá eu ainda não estava gostando do livro, diga-se! Muita enrolação. Não estava indo a lugar algum. E sem contar que a Cassandra Clare pegou um dos meus poemas favoritos, Annabel Lee, do Edgar Allan Poe, pra usar como mote do livro. Isso me deixou meio fula. Espero que na versão traduzida eles tenham ao menos de dado ao trabalho de traduzir o original do Poe ao invés de utilizar a horrenda tradução do Fernando Pessoa (sim, o Pessoa foi um gênio, mas cagou e sentou em cima ao traduzir o poema do Poe. O poema original repete o nome “Annabel Lee” umas 45454647 milhões de vezes, e o Pessoa conseguiu a proeza de traduzi-lo SEM NENHUMA MENÇÃO a ela hahahahhahhaaha Patético!!! Ficou linda a tradução, rimada e ritmada como deveria ser, mas me desculpem, amputar o nome da moça que é protagonista E intitula o poema…!!!!).

Bom, o livro enrola pra caramba, e continua sendo tosca a historinha de amor entre os parabatai, mas beleza, pelo menos do meio pro final a coisa toda finalmente deslanchou e ao final a gente fica sim querendo ansiosamente que o próximo livro, Lord of Shadows (Lorde das Sombras) saia logo! E com certeza, já que estaremos na metade do caminho, vai ter um puta cliffhanger ao final dele, e quando terminarmos a leitura, vamos ficar torcendo pra sair logo o livro final, Queen of air and darkness (Rainha do Ar e da Escuridão).

Agora, alguém saberia me dizer que raios de série é essa chamada As últimas horas, prevista para ser lançada em 2017, e da qual farão parte os livros Chain of thorns (Corrente de espinhos), Chain of gold (Corrente de ouro)e Chain of Iron (Corrente de ferro)? Será que tem a ver com o universo Shadowhunter, ou nada a ver? Fiquei curiosa.

Quanto ao Rick Riordan: li a Espada do Verão (The sword of summer), da série Magnus Chase e os deuses de Asgard, e sabia que a continuação, O martelo de Thor, sairá em Outubro de 2016. Por conta disso, fiquei abismada ao ver nas livrarias um livro novo dele. Só que – mais estranho ainda! – voltando à mitologia grega. O livro se chama O oráculo oculto (The hidden oracle), da nova série As provações de Apolo (The trials of Apollo). O próximo está previsto para Maio de 2017, e se chamará The dark prophecy (A profecia escura). Este livro é mais bacana do que o da série de Magnus Chase, flui bem melhor! Fora o protagonista principal (Apolo ou Lester Papadoupolous), tem também uma co-protagonista bem interessante, filha de Deméter, Meg (Margaret). Claro, há quem critique, dizendo que a premissa da punição de Apolo por Zeus, ao torna-lo mortal, é baseado nos super heróis da Marvel, que é um absurdo colocar o Nero (o imperador romano, sim!) no livro, blablabla. Vá sem preconceito, é divertido 🙂

Bom, lá vou eu de volta aos estudos e obrigações domésticas…

Categorias: Books/Livros | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Lady Midnight


O lançamento do mais novo livro ambientado no mundo dos Shadowhunters está previsto para maio aqui no Brasil. Entretanto, já foi lançado em Inglês por aqui há algumas semanas (no exterior foi lançado dia 8 de março), e estou lendo (bem lerdamente porque a coisa aqui anda meio bagunçada!).

Intitulado Lady Midnight (Dama da meia-noite), é o primeiro livro da nova série de Cassandra Clare, The dark artifices (Os artifícios das trevas). Vocês podem ver a capa aí em cima, intriga e chama bastante a atenção…entretanto, a história está parecendo meio decepcionante.

…acho que decepcionante não é bem o termo correto. “Previsível”, talvez. Desde o começo! Quer dizer, claro que a Cassandra Clare sempre consegue dar uns nós e reviravoltas bem interessantes nas histórias dela, e é isso o que me mantém lendo as obras dela. Mas sei lá, as historinhas de amor me parecem meio óbvias. Desta vez, o parzinho é obviamente Julian Blackthorn e Emma Carstairs. Amor proibido. Já viram isso antes?? Pois é! Mas o par poderia muito bem virar um triângulo…de novo, já viram isso antes nas obras da Cassandra?!? Pois é!! E isto porque estou iniciando o capítulo 4 hoje…estou na página 81. De um total de 668 (sem contar o epílogo com a galerinha da série dos Instrumentos Mortais – aliás, estou curiosa para ler esta parte, mas vou ler na ordem, não vou pular direto para lá!).

Enfim…espero que o livro me surpreenda. Mas aposto que o lance amoroso vai permanecer mais ou menos na mesma linha da outra série. Será o benedito que ninguém consegue escrever sobre interesses amorosos e amor de uma forma menos clichê e previsível???

Bom, vou continuar lendo. Depois volto aqui e conto como foi.

Enquanto isso, quem não lê em língua inglesa pode ler o pequeno resumo do que vai rolar no livro (ao final desta publicação), e/ou ir assistindo a série Shadowhunters, no Netflix.

Sim, ao invés de continuarem com outros filmes, fizeram uma série! Vai saber quanto vai durar…

Alteraram muitas coisas (e vão alterar mais, pelo jeito!) em termos de enredo, e alguns dos atores não são tão bons quanto os do filme (Os instrumentos mortais: cidade dos ossos), mas quebram o galho. A Clary Fray da série é linda, mas me irrita profundamente, é péssima atriz, tem voz irritante, e é perfeitinha demais, ao contrário da do filme, bem mais realista!

Quanto aos atores que interpretam Jace, gosto de ambos, mas confesso que tenho uma quedinha maior pelo Jamie Campbell Bower (ator que interpreta Jace no filme), ainda mais depois de tê-lo visto na série – também disponível no Netflix, mas que infelizmente durou apenas uma temporada – Camelot (com a diva m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a Eva Green!).

Gosto dos Magnus Banes e dos Simon Lewis tanto do filme quanto da série, e prefiro MUITO o Alec (interpretado pelo gatoso irmão da Alexandra Daddario, aquela que fez o Percy Jackson e que em breve estará correndo pela praia no remake de Baywatch com o The Rock 😉 hahahha!) e a Isabelle da série…a Isabelle tinha mesmo que ter olhos escuros e carinha latina, sem contar o carisma e presença fortes, coisa que a atriz do filme não conseguiu passar, enquanto que a Emeraude Toubia arraaaasa!!!! 😀

Los Angeles. Faz cinco anos desde os acontecimentos de Os Instrumentos Mortais, quando os Nephilim chegaram à beira de seu próprio esquecimento, e a Caçadora de Sombras Emma Carstairs perdera seus pais. Após o sangue e a violência que presenciara quando era criança, Emma dedicou sua vida a descobrir exatamente o que matara seus pais, e em conseguir sua vingança.

Criada no Instituto de Los Angeles com a família Blackthorn, Emma se tornou parabatai de seu melhor amigo, Julian Blackthorn. Uma série de assassinatos na cidade chamam sua atenção – eles parecem ter muitas características semelhantes com as mortes de seus pais. Poderia o assassino ser a mesma pessoa? E sua atenção não é a única a estar voltada para isso: alguém também está matando seres do Submundo. O Povo das Fadas faz um trato com o Instituto: se os Blackthorns e Emma investigarem as mortes, eles retornarão Mark Blackthorn a seu lar. O problema: eles têm apenas duas semanas para encontrar o assassino. Caso contrário, será uma guerra declarada entre as fadas e os Nephilim.

Os Caçadores de Sombras do Instituto devem correr contra o tempo para encontrar o assassino, mesmo quando começam a suspeitar do envolvimento dos mais próximos a eles. Ao mesmo tempo, Emma está se apaixonando pela única pessoa no mundo que ela é proibida de amar pela Lei dos Caçadores de Sombras. Acontecendo no brilhante pano de fundo que é a Los Angeles dos dias atuais, Emma deve aprender a confiar em sua mente e em seu coração, enquanto investiga esse enredo demoníaco que se espalha desde as boates conduzidas por feiticeiros na Sunset Strip, até o mar encantado que banha as praias de Santa Mônica.

Categorias: Sem categoria | Tags: , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Aurora

Uma imagem vale mil palavras, então...

Pedazos de miel en jaula

La existencia, la introspección y la experiencia

Filosofia Animada

Sitio Virtual onde se encontra o registro das práticas educacionais do Prof. Daniel Carlos.

throughdanielleseyes

Words, thoughts, and snapshots of life.

Dirty Sci-Fi Buddha

Musings and books from a grunty overthinker

BaileyBee

The Hive

Chairybomb

Honest Furniture Reviews

ricardo barros elt

Thinking and Living English

BA -VISUAL LESSON PLANS

for English teachers.

viralelt.wordpress.com/

Viral Videos for Higher Level ELT | Ian James | @ij64

Progressive Transit

For better communities and a higher standard of living...

Josh, Naked

A mental birthday suit

colossalvitality

Just another WordPress.com site

sindhuspace

Claiming the better half for women in a Man's World

Cybele's Haus of Digital Pain

kismetly crestfallen

Amanda Ricks

Digital Marketing For People By People.

CamiNique

Blog literário

wolf4915

Writing, Photography, Digital Art, Painting + News!

Le Blog BlookUp

Imprimez et transformez vos contenus digitaux, blogs et réseaux sociaux, en magnifiques livres papier sur blookup.com

Dr. Eric Perry, PhD

Psychology to Motivate | Inspire | Uplift

Jornal Acorda Getúlio

Os alunos fazem a escola

Kate Gale: A Mind Never Dormant

The life of a writer/editor

Biblioteca Florestan

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP

Photography Art Plus

Photography, Animals, Flowers, Nature, Sky

Violet's Vegan Comics

Vegan Children's Stories

Cafe Book Bean

Talk Books. Drink Coffee.

marioprata.net

Site oficial do escritor Mario Prata

Eric Schlehlein, Author

(re)Living History, with occasional attempts at humor and the rare pot-luck subject. Sorry, it's BYOB. All I have is Hamm's.

Through Open Lens

Home of Lukas Kondraciuk Photography

OldPlaidCamper

The adventures of an almost outdoorsman...

PROVERBIA

"Crítica Social, Lírica y Narrativa"

Top 10 of Anything and Everything - The Fun Top Ten Blog

Animals, Gift Ideas, Travel, Books, Recycling Ideas and Many, Many More

gaygeeks.wordpress.com/

Authors, Artists, Geeks, Husbands

DaniellaJoe's Blog

crochet is my favorite fiber art and my goal is to become a real artist...