Posts Marcados Com: viper

Álbum Evolution


Coming from the inside

Fate always from above
Never lets us know
The taste of the world.

Jake opened heart and mind
Is bordering the line
Between the races.

The deepest we fall is always not enough
Facing the world, back to the wall.

All right I must say no
But it’s coming from the inside
All right it’s stronger than I thought
‘Cause it’s coming from the inside.

Fate playing with our souls
Spreads to everyone
Boards of salvation.

Jake living black and white
He never wants to hide
What comes from his inside.

I only know one color of blood.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

EVOLUTION

The big desert is far from here
Scarlet clouds in the atmosphere
Built by hands of a million men
Darkest silence of a dead land.

Every night I say a pray
Asking god to see you again
I will bring you back home
Dead or alive, I don’t know.

A million dollars cross the sky
Invisible plane a brand new kind
A million people cross the sands
Following the hunger guide.

I hear the siren in sector one
A new rebellion get your guns
Hold your breath if they are close
They take hostages to get drugs

Miles I’m walking seeing the hand of men
Destroying the land.

Is the future on my side?

Evolution
Self destruction

Space battles in the fifth war
Science fiction is for real
Happiness we never feel it
We only see it on the movie’s screen.

Human being have a killer instinct
Though we came from the same womb
How can men celebrate
Everytime we drop a bomb?

Evolution
Self destruction
Disease and fear
I walk every night to see the end
To see the end by our side.

Very soon we’ll be trapped in our own trap
Our private hell.
When there’s nothing left to destroy
Will we destroy ourselves?
Yes!

Miles I’m marching seeing the hand of men
Destroying the land

Evolution
Self destruction
Evolution
No solution
Disease and fear
I walk every night to see the end
Come see the end
By my side

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

REBEL MANIAC

Take the stairs to the second floor
Look the name, it’s on the door
Pull the gun in the right time
Just one shot, took his life
Hate is spreading very fast
Check the list and see who’s next

Where do you go?
Running
What do you feel?
Lonely
What do you know?
Nothing
About me

Everybody, everybody
Everybody gets me wrong
No one, no one, no one
And nobody understands me
Be prepared for my attack
‘Cause I’m the rebel maniac

Every night is day for me
Energy and insanity
If it’s right or if it’s wrong
Don’t ask me I don’t know
Strange ideals fill my head
I walk hand in hand with death

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

DEAD LIGHT

Looking for a smile inside this place
Walking through the rooms
Makes the time go away.

Every time is madness time
You close your door to me
Screaming in the night is the music here.

I’ll go on looking for the dreams
‘Cause I never found you inside of me.

I watch the sunrise behind your eyes
See the future don’t pray tonight
Don’t you ever cry please get me out of here
I’ll never find the answer for you and me.

I’ll go looking for the screams
And I’ll never find you inside of me.

Running for the day, bleeding in the night
Nightmare fills the dreams and I’m hungry for life
Love is insanity, impossible to find
And going on means going far into the dead light.

Waiting for a light in the sky
Colors and reality
Are black and white.

Give me back the things I had
And leave me alone
Some day we’ll meet again after my dawn.

I met you in the dark
I brought you to the light
Now there’s a dead light
Burning deep inside of you and me.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

THE SHELTER

Fate is a fake shall we doubt
A fever flows and seems it’s all around
Desolation it sows our roads
My seeds of power in fields away from home.

I’ve been blinded
By all the mist that we shared.

Lean back your regret
Before the differences of my heart
Now is still the time
Before you throw away
The shelter you should be instead.

Ride the words to get your fame
You hide with shields, the lead outside is rain
Mighty fear down and out
Seeds, the call of truth is all around.

Lean back your regret
Before the differences of my heart
We remain apart
Because you’ve blown away
The shelter you should be instead.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

STILL THE SAME

See the fools as they run away
Crawling the stars again
Blinding season seems OK
To leave is just another game.

Reasons to live my time
Reasons to live
I feel like having to hold inside
All the questions from before.

Keep on knowing
In distant skies
We hide the meaning of our voiceless cries.
So many answers
Who’s to blame
‘Cause my existence is still the same.
That’s right!

All the walls are falling
Looking from my room
Everywhere seems nowhere
Unless I see you soon.

I’m the nearest trophy
Of our consequence
Even moments in my mind
Are no evidence.
But I still live, I still live.

See the dreams as they drown away
In oceans of today
Lightning season seems OK
If all the rest remains.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

WASTED

Ten thousand endless nights
I felt my fingers touch the skies
Last wind carried away my soul
I will never find myself anymore.

Ten plus ten thousand crazy dreams
And you know, I’m keeping’em in my memories
I’m at the limit that I can afford
Every day I see my thoughts coming from my skin.

For you I’m leaving all my hope
Lead the way ‘cause I don’t know.

Many times getting high
I’ve spent a lifetime being wasted
Sad eyes dry tongue
I’ve been there million times, wasted.

Ten plus ten thousand crazy words
I’m writing everything in my life’s book
Snow wings take me out of here
Now I’m hiding in a place where I see no fear.

For you I’m leaving all my hope
But believe I need it so.

Ten plus ten thousand crazy eyes
Have been watching me always and I can’t disguise
And all those years I’m still waiting for
Anyone to blind my heart and open my door.

For you I’m leaving all my hope
You showed the way but I can’t go.

Many time getting high
I’ve spent a lifetime being wasted
Sad eyes dry tongue
I’ve been there million times, wasted.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

PICTURES OF HATE

Cynical describes me
But yesterday was intensity
Who’s to blame, it is a shame?
Sad alone tale of a common man.

I say to you I’ve tried, I’ve got no alibi
Many times I looked up to the sky
And saw your face, I wonder why.

Once again I’m flying high
In the thoughts of my tomorrows
From my past no regrets
Only memories of sorrow, lies.

Innocence nobody sees
All the intentions underneath
Childhood dreams are nightmares to scenes
Now I know what liebe means.

Everyone I met before in this game are only pawns
I find myself in shadows
Searching for the distant echoes.

Pictures taken from nowhere
Seasons taken from me
Faces coming and going
So life, love, death, and dreams
Become my pictures of hate.

Memory is beyond your personality
Everybody thinks
Everybody sees
Boundaries of a hopeless mind
Drawing frontiers just before my eyes.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

DANCE OF MADNESS

God put a heart in the body of a man
Beating in chaos with no defense
Always begging mercy from the blue sky above
Hiding his sins but heaven knows.

I’m running with my
Bad dreams, good scenes
Loneliness and sadness
You left too deep your mark
Now I’ve got you inside my heart.

Dance of madness
Shadows running in the night
Dance of madness
You and me dancing on the fire

God put a heart inside of me
And love is a knife that makes us bleed
So let’s bleed together at the “Suicide Bar”
Let’s spread colors no matter how far.

I’m running with my
Bad dreams, good scenes
Loneliness and sadness
You left too deep your mark
No I’ve got you inside my heart.

Dance of madness
Shadows running in the night
You and me dancing on the fire
Running on the wire

So let’s dance

Burning

God put a heart in the body of a man
Beating in chaos with no defense
You’re the dancer of the “Suicide Bar”
Spreading desire no matter how far.

Dance of madness
Shadows running in the night
You and me dancing on the fire
Dancing on the wire.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

THE SPREADING SOUL

We are safe in this old storm
Close to the land but you know
Nothing is so calm to everyone.

I look at myself for something new
Tell me a little tale about you
Life is just a rhyme of hopes and crimes.

Better years are coming.

Not in my hand just in my heart
Lay the will I have inside
For all I want, what I feel
Sister moon Brother sun
Yesterday I was alone
All I want, what I feel
Is to be free

Warmed by the sun when it shines
Floating in the air in a red sky
I can realize life is moving on.

I took from my blood all my hate
Guided by the light of fate
Wind blew out my soul to everyone.

Better days are coming.

I’m afraid that when you go
The old storm’ll turn around my boat
I don’t know how to be free.

If a shadow in my life
Take me out from my red sky
I don’t know how to be free.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

We will rock you (Queen cover)

Categorias: Música, Music | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Andre Matos & banda – Holy Land tour


Categorias: Video | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Curso (de verdade!) com Andre Matos


ANDRE MATOS: CURSO COMPLETO “MÚSICA & VOZ” – INÉDITO, EM PARCERIA COM A YAMAHA MUSIC SCHOOL

assista aqui o vídeo com o Andre explicando como será o curso

A proposta é bastante ousada. O projeto, ainda mais. Sem pretensões impossíveis, porém com a vontade, o conhecimento e a experiência adquiridos em 30 anos de atividade musical, tanto no campo acadêmico como no prático, este é o primeiro curso oficialmente ministrado por Andre Matos em toda sua carreira.

Uma oportunidade única. Após anos dedicando-se paralelamente à realização de eventos didático-musicais como Workshops e Masterclasses de grande sucesso em todo o país, o maestro Andre Matos decidiu que esta é a hora de ir mais além.

Uma feliz coincidência veio a unir o músico a uma das mais bem-conceituadas escolas de música do mundo: a Yamaha Music School, cuja sede no Brasil situa-se em São Paulo. Andre Matos confirma que, durante todos esses anos, jamais conheceu uma estrutura tão bem concebida para o ensino de música. Quando produzido e apresentado o “famoso” Masterclass homônimo (Música & Voz) na sede da YMS, surgiu a necessidade em se pensar uma expansão real ao conteúdo.

Andre Matos tem muito a dizer sobre música. De História da Música aos princípios básicos de teoria, bem como às interessantes discussões acerca de filosofia, matemática e física aplicados à música. E, finalmente, a prática em si, o que confere um grande diferencial ao curso.

Além de bacharel em Regência Orquestral e Composição, com graduação em piano erudito e canto lírico, Andre Matos sempre buscou aplicar toda esta teoria à sua extensa produção musical, durante os recém-completados 30 anos de carreira.

O curso “Música & Voz” é o aprofundamento detalhado de todos os assuntos que dizem respeito à música em geral: como surge, como se desenvolve, como se modifica e se atualiza. As noções básicas de acústica; composição, orquestração, a produção dentro e fora do estúdio, o trabalho individual ou em grupo (do clássico ao rock), audição e análise, harmonia e percepção, princípios dos instrumentos acústicos e eletrônicos – e, finalmente, como aplicar toda esta teoria à prática, sem rodeios.

Ainda mais importante é a parte exclusiva e específica sobre técnica vocal: fisiologia da voz, suas dúvidas e mitos, etc. Esclarecimentos definitivos de quem possui um ponto de vista amplo e vasto para todos aqueles que desejam conhecer, desenvolver, alcançar – e preservar – o mais incrível dos instrumentos: a voz humana. Uma matéria na qual Andre Matos é referência mundial.

Não falta ao curso qualquer conteúdo que não seja familiar ao Maestro. Que agora, o compartilha sem mistério junto a quem possui interesse, motivação e paixão pela música.

O curso consiste em quatro módulos distintos, um a cada dois meses, 100% presencial: uma aula semanal de duas horas, sempre às terças-feiras, das 19h às 21h, na sede da YMS em São Paulo. O período total é de 8 meses (64 horas), com início previsto para a terceira semana de março e encerramento no início de dezembro. (Julho livre, durante o período de férias)

A Escola fornece todo o suporte e documentação necessários, incluindo um comprovante de conclusão ao final do último módulo, na forma de um “Diploma Extracurricular”.

“Música & Voz” é aberto ao público geral: aos fãs do trabalho, músicos iniciantes, profissionais ou ex-músicos que queiram retomar contato com este universo. Aos profissionais de outras áreas ou estudantes. Sem limite de idade.

As aulas são sempre ilustradas com audiovisuais, experiências musicais e sensoriais; bem como demonstrações das mais diversas ao vivo. Eventualmente um convidado especial participará a fim de demonstrar algum assunto específico. Um curso concebido de forma séria, pragmática e descontraída – o que já se tornou a marca registrada de Andre Matos neste campo.

Importante: o número de vagas é exclusivamente limitado. Não haverá mais de um único grupo formado para este horário específico, respeitando o número máximo de alunos. Uma vez completado o número de participantes, encerram-se as inscrições para o período do curso.

A experiência de abranger o universo da música em todos os seus aspectos e em profundidade num curto espaço de tempo é uma tarefa desafiadora; porém, totalmente viável.
Não se trata de condensar seis anos de ensino superior num curso livre. Porém, se colocada com total transparência, a ideia inicial da parceria Yamaha Music School / Andre Matos é chegar o mais perto possível disso. E esta é também a ideia final.

As inscrições estão abertas, sejam benvindos ao “Música & Voz”.

Informações e matrículas:

• ONDE: YAMAHA MUSIC SCHOOL (YMS)
– Endereço: Rua Santa Justina, 434 – Itaim Bibi – São Paulo / SP
– Telefone: 11 – 3078 1605 (atendimento das 10:00 às 20:00)
– E-mail: leandro.roverso@music.yamaha.com

• COMO: CURSO 100% PRESENCIAL
– Vagas limitadas à formação de uma classe. Número de participantes reservado.
– Preço: R$ 650,00 mensais (8 horas-aula a R$ 81,25 a hora), s/ taxa de matrícula.
– Férias livres de mensalidade.
– Diploma Extracurricular oferecido pela YMS ao final do curso.

• QUANDO: INÍCIO EM 15/3/16
– Duração de 8 meses (4 + 4 meses), em 4 módulos distintos, 1 módulo a cada dois meses.
– Todas as terças-feiras, das 19h às 21h, de março a junho e de agosto a dezembro.
– Férias em julho.
– Conclusão do curso em 6/12/16.

Categorias: Sem categoria | Tags: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O potencial do heavy metal brasileiro


“O Heavy Metal brasileiro é original e nossos músicos são excepcionais. O que precisamos é dar condições para que esses talentos apareçam e possam viver de música”

por Nando Machado

O último sábado, 11 de maio, foi um grande dia para o Heavy Metal brasileiro.

Andre Matos conseguiu lotar uma casa de shows relativamente grande em São Paulo levando o público presente à loucura. E o motivo de minha alegria não é apenas pessoal pela minha amizade de mais de 30 anos com essa lenda do Metal brasileiro, mas sim porque uma banda nacional conseguiu fazer isso, mesmo com um concorrente internacional em outra casa de shows na mesma cidade (e diga-se de passagem, tinha mais gente pra ver o Andre). Um verdadeiro marco na história do Metal, independentemente de seu gosto pessoal ou estilo de Metal preferido.

O Heavy Metal é provavelmente o gênero de música mais injustiçado do mundo, e não digo que isso é causado apenas pelos grandes meios de comunicação. Não é só porque não estamos na TV ou nas rádios que somos injustiçados, mas é porque existe um grande preconceito do público e da sociedade em geral em torno do que é conhecido como Metal. O pior de tudo é que o próprio público de Metal também tem esse preconceito, e com o próprio Heavy Metal!?!?!?!?!?!?!?

Desde meus 10 anos de vida que frequento shows de Heavy Metal e nesses anos vi a evolução das casas de shows. Nos anos 80, os shows que eram feitos em teatros e bares passaram a ser feitos em casas noturnas como o Dama Xoc e o Aeroanta. Nessa época tinha o Sepultura bombando, o Viper detonando, o Dr. Sin destruindo, o Korzus quebrando tudo e o Angra arrebentando. Os shows passaram a ser feitos no Olímpia, no Palace e depois no Credicard Hall. Essas grandes bandas tocavam na rádio e na MTV o tempo todo mas de uma hora para outra o sonho acabou. Ninguém mais queria saber de cabeludo ou de guitarra distorcida. E não adianta culpar o grunge. O rock nacional voltou com tudo, o forró, o pagode, o axé e todas essas porcarias dominaram os meios de comunicação. As bandas de Metal perderam seus integrantes principais. O Andre saiu do Angra, o Max saiu do Sepultura, o Viper lançou um disco pop… Será que era o fim?

“Precisamos mostrar que o movimento no Brasil é tão forte quanto em qualquer lugar do mundo e que nossas bandas são as melhores.”

Não! Heavy Metal nunca vai morrer. Nunca! Pode ter certeza que enquanto você lê esse texto, algum moleque de 12 ou 13 anos está descobrindo o Iron Maiden ou o Metallica por influência de um irmão ou amigo mais velho. Em algum porão escuro, um adolescente está fazendo air guitar ouvindo Slayer “no talo” ou começando a arranhar uma guitarra emprestada por algum amigo tentando fazer os riffs do Black Sabbath. E alguma menina está tentando tirar uma música no baixo e se preparando para ensaiar com sua banda.

Esses serão os próximos Andre Matos, Max Cavalera ou Andreas Kisser? Será? Isso só depende de vocês, ou melhor, de nós. Quando você receber um convite para assistir a uma banda nacional, não pense duas vezes, vá. As bandas daqui são tão boas e muitas vezes melhores que muitas bandas estrangeiras. O Heavy Metal brasileiro é original e nossos músicos são excepcionais. O que precisamos é de profissionalismo. É dar condições para que esses talentos apareçam e possam viver de música, dessa música que nós tanto amamos.

Não adianta nada termos 150 shows internacionais por ano se nossas próprias bandas têm que acabar por falta de dinheiro, se nossos músicos têm que tocar apenas por hobby, se esses artistas tão talentosos têm que escolher outras profissões e abandonar o sonho de uma carreira no Rock. Isso sim é uma grande injustiça.

Precisamos aumentar a nossa auto estima e mostrar que o movimento no Brasil é tão forte quanto em qualquer lugar do mundo e que nossas bandas são as melhores. Como fazer isso? Lotando os shows, comprando os CDs e as camisetas das bandas, comprando os MP3 pelo iTunes. É só assim que essas bandas sobreviverão.

“Se os europeus ovacionaram o Shadowside o que nós brasileiros devemos fazer?”

No dia 26 de maio temos a chance de ver uma nova banda representando o melhor do Metal brasileiro em uma casa de shows de primeira. Nesse dia o Shadowside vai tocar no Via Marquês, a mesma casa que me deixou tão feliz com o Viper no ano passado e com o Andre no último sábado. Depois de 36 shows pela Europa abrindo uma grande tour do Helloween e Gamma Ray, os caras estão afiadíssimos e com sangue nos olhos, e eu garanto que vai ser um show sensacional. Se os europeus ovacionaram o Shadowside o que nós brasileiros devemos fazer? Ou vamos ter que ficar pra sempre dependendo do Andre Matos, do Andreas Kisser e do Max Cavalera para termos orgulho do Metal brasileiro?

A produção é do Wikimetal e desde o início a nossa ideia é fazer um show desses a cada 1 ou 2 meses. Dessa vez teremos o Shadowside e o SupreMa, grande banda que também está lançando seu disco novo. Nas próximas vezes poderemos ter o Almah, o Ancesttral, o Attomica, o Baranga, o Carro Bomba, o Claustrofobia, o Command 6, o Dr. Sin, o Elixir Inc, o Forka, o Fúria Inc, o Genocídio, o Hibria, o Jack Devil, o King of Bones, o Korzus, o Metalmorphose, o Project 46, o Salário Mínimo, o Sceleratta, o Sepultura, o Sioux 66, o Torture Squad, o Voodoopriest e tantas outras grandes bandas de Metal do Brasil. E acreditem, todas essas bandas são excelentes. Se você não conhece, vá conhecer.

Se alguém pode pagar R$ 950 pra ir na pista VIP ou R$ 300 para ir no Black Sabbath eu não critico e nem condeno. Também tenho ídolos, grandes sonhos e adoro ver o Metallica, o Iron Maiden o Ozzy, o Judas, etc. Eu realmente adoro essas grandes bandas. Por outro lado, por um preço infimamente menor, dá para prestigiar as bandas nacionais e ajudar a criar uma verdadeira cena de Metal brasileiro. Com bandas nacionais, tocando em casas de shows que tratam o público com respeito, com som, luz e telões de primeira qualidade. Sem nenhuma diferença para um show internacional.

Prestigie o Metal brasileiro e vamos mudar essa história que banda brasileira não leva público. Espero ver todo mundo no show do SupreMa e Shadowside no dia 26 de maio no Via Marquês. Tenho certeza que você não vai se arrepender.

fonte: http://wikimetal.uol.com.br/site/o-potencial-do-heavy-metal-brasileiro/

Categorias: Música | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aquecendo…


Obaaaaaa, hoje ele me ligou e me deu a melhor notícia: disse que vem comigo! Ou seja, estarei muito bem acompanhada!!! 😀

Bom, o Viper não deve tocar essa música, mas como foi a primeira que ouvi deles, recordar é viver *rs*, e a letra é excelente, vamos lá!

The big desert is far from here
Scarlet clouds in the atmosphere
Built by hands of a million men
Darkest silence of a dead land.

Every night I say a prayer
Asking god to see you again
I will bring you back home
Dead or alive, I don’t know.

A million dollars cross the sky
Invisible plane a brand new kind
A million people cross the sands
Following the hunger guide.

I hear the siren in sector one
A new rebellion get your guns
Hold your breath if they are close
They take hostages to get drugs

Miles I’m walking seeing the hand of men
Destroying the land.

Is the future on my side?

Evolution
Self destruction

Space battles in the fifth war
Science fiction is for real
Happiness we never feel it
We only see it on the movie’s screen.

Human beings have a killer instinct
Though we came from the same womb
How can men celebrate
Everytime we drop a bomb?

Evolution
Self destruction
Disease and fear
I walk every night to see the end
To see the end by our side.

Very soon we’ll be trapped in our own trap
Our private hell.
When there’s nothing left to destroy
Will we destroy ourselves?
Yes!

Miles I’m marching seeing the hand of men
Destroying the land

Evolution
Self destruction
Evolution
No solution
Disease and fear
I walk every night to see the end

Categorias: Música | Tags: , , , , , , | 2 Comentários

BaileyBee

The Hive

Chairybomb

Honest Furniture Reviews

ricardo barros elt

Thinking and Living English

Creative ELT

by Eduardo de Freitas

BA -VISUAL LESSON PLANS

for English teachers.

viralelt.wordpress.com/

Viral Videos for Higher Level ELT | Ian James | @ij64

Progressive Transit

For better communities and a higher standard of living...

Josh, Naked

A mental birthday suit

colossalvitality

Just another WordPress.com site

Arty Coyote

The most distilled possible form of liberation.

sindhuspace

Claiming the better half for women in a Man's World

Cybele's Haus of Digital Pain

kismetly crestfallen

Amanda Ricks

Severely Magical Things, Surprisingly Wise Quotes, Social Media Marketing delights, Surprising Lives, and a bit of Life Stuff too.

CamiNique

Blog literário

Logical Quotes

Logical and Inspirational Quotes

wolf4915

Writing, Photography, Digital Art, Painting + News!

Le Blog BlookUp

Imprimez et transformez vos contenus digitaux, blogs et réseaux sociaux, en magnifiques livres papier sur blookup.com

MakeItUltra™

Psychology to Motivate | Inspire | Uplift

Jornal Acorda Getúlio

Os alunos fazem a escola

Kate Gale: A Mind Never Dormant

The life of a writer/editor

Biblioteca Florestan

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP

Photography Art Plus

Photography, Animals, Flowers, Nature, Sky

Logical Quotes

Logical and Inspirational quotes

Violet's Veg*n e-Comics

Virtual Vegan Comics for Children

Cafe Book Bean

Talk Books. Drink Coffee.

marioprata.net

Site oficial do escritor Mario Prata

Eric Schlehlein, Author

(re)Living History, with occasional attempts at humor and the rare pot-luck subject. Sorry, it's BYOB. All I have is Hamm's.

Through Open Lens

Home of Lukas Kondraciuk Photography

OldPlaidCamper

The adventures of an almost outdoorsman...

PROVERBIA

"Crítica Social, Lírica y Narrativa"

Top 10 of Anything and Everything!!!

Animals, Gift Ideas, Travel, Books, Recycling Ideas and Many, Many More

gaygeeks.wordpress.com/

Authors, Artists, Geeks, Husbands

DaniellaJoe's Blog

crochet is my favorite fiber art and my goal is to become a real artist...

espacokaizen.wordpress.com/

Blog do Kaizen: Seu espaço de saúde e bem estar

Opinião Central

Opinião Central - seu Blog de Arte, Filosofia e Cultura Pop

Ramona Luz Yoga

Portal de Conhecimento

Canal Meditação

Ensinamentos sobre meditação e espiritualidade.